PUBLICADO EM: 19/05/2015 ÀS 09h03

A Política em Caracol e as conversas de bastidores

 

São muitos os que estão interessados em saber quem serão os futuros candidatos a prefeito de Caracol, Piauí em 2016. É muito cedo, é o que se costuma responder a esse tipo de pergunta. Pode ser cedo, mas quem pensa em ser candidato precisa começar a trabalhar e correr contra o tempo para a formação de um grupo político de qualidade e competitivo com chances de vitória. A receita certa mesmo é ouvir as bases, dirão os pretensos candidatos que, de antemão, já sabem as propostas e reclamações que escutarão nos bairros e povoados do município de Caracol. Ainda hoje os políticos usam a mesma estratégia, se aproximando dos eleitores de 4 em 4 anos na busca de apoio e por incrível que pareça,o eleitor faz seus desabafos, mas no fundo mesmo, eles gostam desse contato direto com as lideranças políticas.

 



Quem exerce atividade política sabe muito bem que é preciso estar sempre em movimento e procurar o eleitor onde quer que ele esteja. O pré-candidato a prefeito precisa saber que o cidadão caracolense  quer ser ouvido, muito mais do que ou­vir. O velho comício morreu? Sim. A nova arena digital dá muito mais resultado do que o encontro de mão única construído para um candidato falar e o eleitor ouvir. Agora, o eleitor quer falar também.



Em Caracol o difícil mesmo é antever quem estará com quem. Essa indefinição no quadro político Caracolense não é diferente de outras cidades da nossa região. Será que está cedo para todas essas colocações? É possível que sim, mas elas começaram a ser colocadas e discutidas nas mesas de negociações e conversas da política de Caracol. Não tenho receio em afirmar que muita coisa vai mudar na posição do tabuleiro das decisões políticas do nosso município de Caracol. Por isso é que as rodas de conversas já estão se intensificando e alguns políticos já começaram a se movimentar sorrateiramente em relação ao tema. É preciso avançar rápido, pois o tempo não pára.


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comente usando o Facebook
 

PUBLICADO EM: 07/05/2015 ÀS 15h07

O surgimento da terceira via em Campo Alegre de Lourdes

 

Insatisfeito com as vias políticas existentes em Campo Alegre de Lourdes-Bahia, um grupo formado por trabalhadores e profissionais liberais já fala em terceira via nas eleições municipais de 2016. As articulações estariam acontecendo calmamente e em reserva, para evitar assédio de outros grupos. Um dos insatisfeitos revelou que a idéia vem sendo absorvida pelos consultados, o que fortalece o projeto futuro.



No grupo também estariam pessoas que foram escanteadas na atual gestão da Prefeita Delaneide Borges. Para as eleições de 2016, o grupo em formação não planeja declarar apoio antecipado a nenhum candidato, pois o objetivo é surpreender na fase de filiações. Inclusive, um partido vem sendo sondado, mas a sigla permanece guardada a “sete chaves”. Nos bastidores políticos, os nomes que devem encabeçar a chapa majoritária seriam de um político de peso e de uma forte liderança do Legislativo Campoalegrense. “Como os eleitores estão saturados, o novo pode surpreender”, .Declarou uma fonte segura ao caracolinforma.com



Em qualquer roda de conversa em Campo Alegre de Lourdes-Bahia o assunto eleições 2016 entra em pauta e junto vem as especulações e as indagações, do tipo  quem serão os candidatos? 



Muitos nomes já estão sendo lembrados pela população de C.A.L , como a prefeita Delaneide, Pré-candidata a reeleição,  Dr. Alessandro , Armínio do PT, Engenheiro Agnólio Bozon e mais gente que citaremos no futuro.



Vamos aguardar o desfecho das articulações que estão acontecendo em Campo Alegre de Lourdes, “muita água vai correr por debaixo da ponte”.



 


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comente usando o Facebook
 

Posts anteriores

+ BLOGS / COLUNAS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

FACEBOOK

 
© Copyright 2012 - 2017. Todos os direitos reservados.
  topo